24 de setembro de 2005

Amigas.

- disclaimer - (não sabia como era em português)
este post contêm coisas e afins que geralmente eu não digo... alias eu sou gordo, porco, feio e mau, por isso não é para me enviarem mails revoltados... :]

Eu agora como o custume vou falar sobre coisas que ninguem concorda e que geralmente acaba comigo a ser insultado ou a ser expulso.

O fenomeno das mentiras inocentes. Todos nós usamos aquelas mentiras do
"Ah coiso e tal, sabes perfeitmente que o que conta é o interior"
"Não pai, eu nao vou beber!"
"É só uma festa em casa do Jõao.. não te preocupes..."
"Sim, eu peço sempre facturas!"
"Já é a 5ª vez que tou a ligar para aqui."

Mas por favor caras raparigas, mulheres, jovens; Parem de mentir as vossas amigas, aquelas que digamos.. mais desfavorecidas (FEIAS E GORDAS!!) dizendo coisas do tipo: "Ele não te merece, tu arranjas melhor!", "A culpa é dele, tu não es nada badocha, tu es fortezinha...", "Ele é que não pode com um gato pela cauda" ou até "Mas tu es tão simpatica! Tens de sair mais é isso." .

Porque toda a gente sabe que não vale a pena, e elas ocupam o espaço de outras pessaos que podia ser melhor aproveitado, e escusavam de fazer as pessoas perder tempo.
E evita-se aquela situação de termos de as conhecer porque estão num grupo de 3 pessoas, e a badocha é a unica que tem carta!

Por isso, PAREM DE MENTIR!

Claro que também se aplica aos gaijos, mas pronto, é sempre fixe andar com pessoas feias para sermos os mais bonitos.

(: cumprimentos.

E tenho a dizer: Eina eina eina, fiz um post com mais de 10 linhas!

10 comentários:

Pato Suicida disse...

mas, zeto, a natureza é mesmo assim, elas servem para podermos conhecer as raparigas mais bonitas do grupo... as gordinhas e feiinhas funcionam como porta-voz, ou como recepcionista! =)

Pato Suicida disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
pseudo-minhota disse...

Ah valente. A sério que pensei, por um lado, que este post tinha sido escrito por um dos coutos. Por outro lado, enquanto o lia, também pensei: "quem escreveu isto estava um bocadito ébrio". Oh zeto, eu até te tinha em boa conta porra...mas isto que acabaste de escrever chama-se "discriminação quantitativo-estética. Não se faz...seu mauzinho! :P

zeto disse...

era um daqueles dias! (este cliché dá para tudo.)

zeto disse...

prometo voltar dps disto ao meus posts habituais...

tipo, n sei disse...

feias ao poder

Anónimo disse...

Digamos que tenh d concordar com o pseudo-minhota!Q discriminação!Lá por seres gordo e feio n que deixes d fazer coisas normais como - sair, namorar, etc!Aliás..deves ter amigas feias e gordas n?!E é por isso q deixas d falar c elas?Nunca pensei ouvir 1 comentario destes vindo da tua pessoa...enfim!

Stressada disse...

Opá... tu não és nada feio e porco e mau... (.....)

pseudo-minhota disse...

Zeto, fiquei parva por saber que há um Anonymous que te leva a sério!
Anonymous, eu sou A pseudo-minhotA...sou fêmea, mas pronto, não há maneira de comprovar tal via PC :).E mais, sou feia e gorda (segundo os critérios de beleza de algumas pessoas, claro :)), nunca servi de taxista a ninguém. E mais não digo...

zeto disse...

eina!

Tou a ser levado a serio, isto está a fortalecer a minha ideia de vir a candidatar-me a presidente da republica.


Eu não gosto de sair de casa, que lá fora ha muita maldade... pelo menos é o que me diz a minha avó.

Eu tenho muito amigos, todos eles me baptizaram com uma alcunha que eu axo muito fofinha.

Ainda me lembro este fds quando me ligaram as 2 da manha, e me disseram suavemente:

"ò badocha, anda-nos buscar para irmos para a night." Foi um momento bonito. È bom sber que precisam de nós para sair.

 
Original template by Exotic Mommie